“Um olhar cortante, sem filtros, um grito de alerta sobre a crueldade e a violência que permeiam o cotidiano escolar. Emocionante e inesquecível.” Kirkus

Olá!

Fale! é o segundo livro que leio da autora Laurie Halse Anderson, o primeiro foi Garotas de Vidro e ambos me levaram a refletir. É muito impactante, mexe com nossos sentimentos e atinge direto o coração.

Foi adaptado para o cinema em 2004 e aqui no Brasil recebeu o nome de “O Silêncio de Melinda” . Conta com Kristen Stewart como protagonista, da saga Crepúsculo.

No livro, Melinda é uma adolescente que carrega um trauma, e está bem deslocada de seu ambiente escolar. Seria apenas mais um livro sobre algum tipo de bullying ou de adolescentes americanos numa high school, não fosse pela maneira como a autora retrata o assunto. Ela transforma a história de uma maneira onde somos arrebatados para dentro dela e sentimos o que Melinda está sofrendo.

Ela praticamente não fala, nem com os pais e na escola, e sofre inúmeras agressões psicológicas e é deixada de fora das “tribos”, uma excluída. Aos poucos nos é revelado o que houve para chegar a esse ponto.

Nas férias, em uma festa dos veteranos para receber os calouros, ela bebeu um pouco e algo aconteceu e acabou chamando a polícia. A partir daí, virou alvo de bullying e até suas “amigas”a excluíram, julgando que ela fosse uma tola e estragara a festa de todos. Sim, parece uma banalidade, até entendermos o que de fato ocorreu nessa festa.

Ela não conta a ninguém, muda seu comportamento e ninguém presta atenção em seu comportamento.

Seus pais vivem discutindo, mas não notam nada, apenas ficam mais bravos quando são chamados na escola, pois as notas de Melinda estão baixas, ou porque ela chegou atrasada nas aulas. Ela encontrou uma salinha, um antigo depósito abandonado e cheio de pó, onde se refugia e muitas vezes fica dormindo, um sintoma de depressão e ninguém nota.

O silêncio de Melinda vai lhe consumindo dia após dia. Ela vai murchando, definhando. A história é narrada sob o ponto de vista dela, e os acontecimentos seguem a ordem do ano letivo que ela está vivendo na escola. Com isso, vamos pedacinho por pedacinho montando o quebra-cabeças do que houve, junto com o desenvolvimento da trama e agonias de Melinda.

O pior é sua ex-melhor amiga, Rachel, que a repele e a maltrata, quando Melinda tenta avisá-la do que houve na festa, isso meses e meses depois. E mais uma vez, relegada a um nada. Melinda é nada.

Seu único refúgio são as aulas de arte , com um professor mais descolado, que parece entender a alma humana, e querer ouvi-la de verdade.

Somente uma garota nova se aproximou de Melinda, mas não foi grande coisa. O único contato que ela faz com outro colega de escola é com seu parceiro de laboratório, um nerd que tem certa simpatia por ela.

Um livro que leva a reflexão e vai te fazer prestar mais atenção ao grito mudo, de um adolescente com problema e medo. Um livro que comemora dez anos de seu lançamento nos EUA e com um tema tão atual, que deve ser lido por todos. Recomendo.

A capa e diagramação de muito bom gosto; tradução e revisão excelentes.

Capa, ficha técnica, sinopse

Fale!

Speak!

Laurie Halse Anderson
ISBN:  9788565859073
Editora:  Valentina
Número de páginas: 248
Encadernação: Brochura
Formato: 14 x 21 cm
Ano Edição: 2013

 Sinopse

“Fale sobre você… Queremos saber o que tem a dizer.”

Desde o primeiro momento, quando começou a estudar no colégio Merryweather, Melinda sabia que isso não passava de uma mentira deslavada, uma típica farsa encenada para os calouros. Os poucos amigos que tinha, ela perdeu ou vai perder, acabou isolada e jogada para escanteio. O que não é de admirar, afinal, a garota ligou para a polícia, destruiu a tradicional festinha que os veteranos promovem para comemorar a chegada das férias e, de quebra, mandou vários colegas para a cadeia. E agora ninguém mais quer saber dela, nem ao menos lhe dirigem a palavra (insultos e deboches, sim) ou lhe dedicam alguns minutos de atenção, com duvidosas exceções. Com o passar dos dias, Melinda vai murchando como uma planta sem água e emudece. Está tão só e tão fragilizada que não tem mais forças para reagir.

Finalmente encontra abrigo nas aulas de arte, e será por meio de seu projeto artístico que tentará retomar a vida e enfrentar seus demônios: o que, de fato, ocorreu naquela maldita festa?

Um romance de estreia extraordinário; uma obra-prima vencedora (e finalista) de inúmeros prêmios sobre uma jovem que opta por calar em vez de dizer a verdade. Fale! encantou tanto leitores quanto educadores, alunos e professores. Um romance transformador, corajoso, capaz de fazer refletir sobre temas fundamentais — porém espinhosos como o bullying — do cotidiano dos adolescentes.

 

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro em um dos links abaixo e ajude o Livrólogos :)

Saraiva

Trailer do filme

( com legenda)