Collen Hoover – Sem esperança @galerarecord #resenha


sem esperança collen hoover

Olá!

Confira a resenha de Sem esperança, de Collen Hoover

  1. Um caso perdido (Hopeless);
  2. Sem esperança (Losing Hope).

2,5 – Finding Cinderella – é uma história a parte. Um conto.

Hoje está bem comum os autores publicarem livros com diferentes pontos de vista (POV) . Adoro a narrativa da Collen Hoover e não é a primeira vez que ela usa esse recurso. Eu gosto de saber o que se passa na cabeça de outro personagem e em Sem esperança, é Holder quem conta a história.

Caso não tenha lido Um caso perdido, aconselho a não ler os próximos parágrafos.

Quando Sky descobre a verdade sobre ela, e o que se sucede é intenso e comovente, mesmo sob a perspectiva de Holder. E Sky e Holder estão ali, um de suporte para o outro quando ela enfrenta o pai , e descobrindo coisas que estavam bloqueadas em seu subconsciente .

Os coadjuvantes também tem papel importante na trama como o melhor amigo de Holder. Os traumas que Holder tem de enfrentar, sua irmã gêmea Less, que tirou a própria vida, a amiga que foi levada de sua vida. Não há nada de novo, mas ao mesmo tempo, há nuances diferentes, e uma compreensão melhor do que aconteceu, afinal é a forma pela qual Holder sentiu as coisas, sua experiência dos mesmos fatos e desenrolar da história.

Holder é capaz de perdoar a si mesmo e perceber que ele não é responsável pelo desaparecimento da amiga ou pela morte da irmã.

Se você não leu Um caso perdido, este livro pode ser lido antes, muito embora eu sugira que você leia sim, antes, porque é tão impressionante quanto Sem esperança. E lendo ambos, se tem uma visão mais completa. A autora como sempre em suas narrativas, cativa, mesmo sendo uma história intensa, de perdas, recomeços e até suicídio.

Capa, diagramação agradáveis à leitura.

Capa, ficha técnica, sinopse

sem esperança collen hoover

Um caso perdido

Losing Hope

Coleen Hoover

ISBN: 9788501403940
Editora: Galera Record
Número de páginas: 320
Encadernação: Brochura
Formato: 16 X 23 cm
Tradução: Priscila Catão
Ano Edição: 2015

Também em eBook

Sinopse

Assombrado pela culpa e pelo remorso por não ter conseguido salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva e desconta sua raiva em qualquer um que tente desafiá-lo. Ele nunca imaginou que voltaria a ver Hope algum dia, e não acredita na própria sorte ao se deparar com ela depois de tantos anos. No entanto, Holder não poderia supor que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, o jovem revela como os acontecimentos da infância de Sky afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele enfim será capaz de se reconciliar consigo mesmo.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro no

Submarino

 

 

Previous Laura Florand - Melhor que chocolate #resenha @UnicaEditora
Next Mad Men

2 Comments

  1. Avatar
    Leticia Ramos de Mello Oliveira
    31/03/2015

    Olá, Rosana!

    Apesar de ter um pouco de repetição do livro anterior, concordo com você que os livros com diferentes POVs deixam a história mais completa, pois como na vida real, você não tem como saber o que o outro pensa até que ele conte o lado dele da história. Dá realmente vontade de ler os dois, mesmo eles tendo uma história muito dura.
    Só acho estranho os nomes em português. Entendo que é por uma questão de identificação e porque também nem todo mundo sabe inglês (mesmo que o nível de inglês dos títulos seja básico), mas a tradução perde o jogo de palavras que os nomes têm dentro da história, mesmo que o sentido dele seja mantido.

    Um abraço!

  2. Avatar
    15/03/2015

    Rosana!
    Não li Um caso perdido ainda.
    Também gosto quando podemos ver os dois lados de uma mesma história, porque o lado masculino é tão diferente do feminino, concorda.

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)