Avaliação

A trama mostra em seu desenvolvimento a conexão de família e comunidade, demonstração de respeito pelos mais velhos e autoridades e outros tantos valores tradicionalmente orientais , evidentes nas personagens, que percebemos através de suas ações.

7
Nota

Olá!

Confira a resenha de Silêncio , da autora Richelle Mead. É um livro único.

Richelle Mead é bem conhecida por suas séries para jovens adultos,  Academia de Vampiros e Bloodlines, assim como a série adulta Georgina Kincaid.

Em Silêncio, nada de vampiros ou súcubos. Ela aborda outra cultura, num livro de fantasia com inspiração no folclore chinês, com a história da redescoberta do som por Fei, nascida em um vilarejo isolado no alto de uma montanha onde todos são surdos.

Os pais da jovem Fei eram mineradores  e quando surge a oportunidade dela ser artista, aceita, porém Li Wen continua sendo minerador. O que impossibilita um relacionamento entre eles. 

Há regras muito rígidas, uma hierarquia, os artistas, os serventes e mineradores. E esses dois jovens estão separados por status e classe mas vão “resgatar” seu lar. 

O povo tem sido mantido complacente e trabalhando nas minas.

Somente Fei e Li Wei tem a coragem e audácia para se aventurar pelo penhasco que isola a sua comunidade e enfrentar poderosas pessoas que vivem ali abaixo, cujo controle sobre o fornecimento de alimentos,  mantém a aldeia sob seu controle.

A autora descreve o mundo pelos olhos da personagem que nunca havia ouvido um som. Fei descreve o mundo como um pintor minucioso. Ao ouvir seu primeiro som, não sabe identificá-lo, descreve o ruído com intensidade e lhe falta palavras para o que ouve, pois essas palavras caíram em desuso, pois todos são surdos.

É evidente que foi pesquisado pela autora tradições, costumes e histórias orientais. A trama mostra em seu desenvolvimento a conexão de família e comunidade, demonstração de respeito pelos mais velhos e autoridades e outros tantos valores tradicionalmente orientais , evidentes nas personagens, que percebemos através de suas ações.

É bem escrito, a personagem principal tem as características que a autora costuma dar a suas personagens femininas, mas senti falta de um pouco mais da Richelle Mead na trama.

A capa foi mantida a versão original, diagramação agradável à leitura.

Capa, ficha técnica, sinopse

silencio

Silêncio

Soundless

Richelle Mead

ISBN:9788501107381
Editora: Galera Record
Número de páginas: 280
Encadernação: brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2016

Sinopse

Um romance de fantasia e aventura da mesma autora de Vampire Academy.
Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo — todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.
O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas.
Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará
suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez