Richelle Mead – Silêncio @GaleraRecord #resenha


silencio

Olá!

Confira a resenha de Silêncio , da autora Richelle Mead. É um livro único.

Richelle Mead é bem conhecida por suas séries para jovens adultos,  Academia de Vampiros e Bloodlines, assim como a série adulta Georgina Kincaid.

Em Silêncio, nada de vampiros ou súcubos. Ela aborda outra cultura, num livro de fantasia com inspiração no folclore chinês, com a história da redescoberta do som por Fei, nascida em um vilarejo isolado no alto de uma montanha onde todos são surdos.

Os pais da jovem Fei eram mineradores  e quando surge a oportunidade dela ser artista, aceita, porém Li Wen continua sendo minerador. O que impossibilita um relacionamento entre eles. 

Há regras muito rígidas, uma hierarquia, os artistas, os serventes e mineradores. E esses dois jovens estão separados por status e classe mas vão “resgatar” seu lar. 

O povo tem sido mantido complacente e trabalhando nas minas.

Somente Fei e Li Wei tem a coragem e audácia para se aventurar pelo penhasco que isola a sua comunidade e enfrentar poderosas pessoas que vivem ali abaixo, cujo controle sobre o fornecimento de alimentos,  mantém a aldeia sob seu controle.

A autora descreve o mundo pelos olhos da personagem que nunca havia ouvido um som. Fei descreve o mundo como um pintor minucioso. Ao ouvir seu primeiro som, não sabe identificá-lo, descreve o ruído com intensidade e lhe falta palavras para o que ouve, pois essas palavras caíram em desuso, pois todos são surdos.

É evidente que foi pesquisado pela autora tradições, costumes e histórias orientais. A trama mostra em seu desenvolvimento a conexão de família e comunidade, demonstração de respeito pelos mais velhos e autoridades e outros tantos valores tradicionalmente orientais , evidentes nas personagens, que percebemos através de suas ações.

É bem escrito, a personagem principal tem as características que a autora costuma dar a suas personagens femininas, mas senti falta de um pouco mais da Richelle Mead na trama.

A capa foi mantida a versão original, diagramação agradável à leitura.

Capa, ficha técnica, sinopse

silencio

Silêncio

Soundless

Richelle Mead

ISBN:9788501107381
Editora: Galera Record
Número de páginas: 280
Encadernação: brochura
Formato: 16 X 23 cm
Ano Edição: 2016

Sinopse

Um romance de fantasia e aventura da mesma autora de Vampire Academy.
Pelo que Fei se lembra, nunca houve um ruído em seu vilarejo — todos são surdos. Na montanha, ou se trabalha nas minas ou na escola, e as castas devem ser respeitadas. Quando algumas pessoas começam também a perder a visão, inclusive a irmã de Fei, ela se vê obrigada a agir e a desrespeitar algumas leis.
O que ninguém sabe é que, de repente, ela ganha um aliado: o som, e ele se torna sua principal arma. Ao seu lado, segue também um belo e revolucionário minerador, um amigo de infância há muito afastado em função do sistema de castas.
Os dois embarcam em uma jornada grandiosa, deixando a montanha para chegar ao vale de Beiguo, onde uma surpreendente verdade mudará
suas vidas para sempre. Fei não demora a entender quem é o verdadeiro inimigo, e descobre que não se pode controlar o coração.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Previous Joseph Delaney - Arena 13 @BertrandBrasil #resenha
Next Chris Salles – O Diário Internacional de Babi @PlanetaLivrosBR #resenha

19 Comments

  1. Avatar
    Rafael Botter
    21/09/2016

    Nós lemos o livro, confesso que curti demais. Fico mais atento quando o livro é narrado em primeira pessoa, deixa o livro mais realístico e intenso. Além de conhecermos outras culturas e povos.

  2. Avatar
    18/09/2016

    Oie!!
    Eu confesso que estou curiosa para ler esse livro justamente por ser muito fã da Richelle… a história em si não me chamou muito a atenção, mas sei a capacidade que ela tem, mesmo você tendo evidenciado que faltou mais dela.

    beijos
    Mayara

  3. Ooi!
    Não conhecia o livro e nem a autora, acredita?! haha
    Confesso que de inicio não me interessei muito, mas agora me interessei. Fiquei bastante curiosa em vários pontos, principalmente quando a personagem ouve pela primeira vez.
    Ótima resenha!

  4. Olá
    o livro parece ser muito bom mas não é o tipo de gênero que aprecio então vou deixar a dica passar mas boa resenha e o enredo está muito legal

    Beijos

  5. Avatar
    15/09/2016

    Como é que eu não sabia até agora dessa tal série adulta Georgina Kincaid?? :O To chocada! Eu ameeeiiiii Academia de Vampiros e já tenho Bloodlines completa, só me falta tempo de ler. E não sabia dessa tal série aí! Jesus amado…

    Silêncio parece ser bem interessante, curti… Que bom que é livro único e não série, pq olha… haja tempo haha.

    Bjo

  6. Avatar
    12/09/2016

    Oi
    Tudo bom?
    Adoro a Richelle, já li todas as suas series, mas ainda não tive oportunidade de ler esse.
    Confesso que nao me atraiu muito…
    Mas sua resenha me deixou intrigada, deve ser maravilhosa a natação de ouvir os sons pela primeira vez
    Bjos

  7. Avatar
    11/09/2016

    Oi Rosana….
    Quando o livro foi lançado eu fiquei com a maior vontade de ler, mas eu jurava que era série e então deixei ele meio de lado e não como uma prioridade de leitura. Ele é único? Que tola que eu fui…
    A trama me deixou super curiosa e saber um pouco mais sobre a história com a sua resenha me deixou ainda mais empolgada para ler – mesmo assim, essa coisa de faltar um pouco mais de Richelle durante a história me deixou um pouquinho preocupada….
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

  8. Avatar
    11/09/2016

    Oii!!!

    Eu ainda não li nada da autora, pois não sou a maior fã de vampiros. Saber que essa obra traz outro enredo, me ganha!
    Gostei muito de saber sobre a forma como a autora abordou o tema, mas fiquei chateada por não ter taaaaanto a mensagem que ela costuma passar em suas obras. Isso é chato.
    A resenha está ótima.

    Beijinhos

  9. Avatar
    Iris Pereira
    10/09/2016

    Oi,
    Sou completamente apaixonada por Richelle, mas ainda não tive oportunidade de ler esse livro!! Quero muito conhecer esse lado de “pesquisadora” da autora e conhecer melhor a cultura Chinesa.
    Bjs!
    Fadas Literárias

  10. Olá Rosana!!!
    Eu só conheço Academia de Vampiros da autora, mas não li nada dela até hoje os que eu conhecia era por amigos meus falares.
    Esse livro parece ser no estilo das distopias pelo que percebi e apesar do enredo ser chamativo não é algo que eu leria assim.
    A capa tá linda tenho que admitir isso, pois tenho uma queda pela cultura oriental *-*
    Parabéns pela resenha =)

    lereliterario.blogspot.com

  11. Avatar
    Daya Maciel
    10/09/2016

    Oi,
    Eu ainda não li esse livro, mas tenho muito interesse. Vejo ótimas resenhas.
    Fiquei curiosa mesmo com as suas observações, amei a sua resenha
    Beijos

  12. Avatar
    tamara padilha
    10/09/2016

    Oie, o enredo desse livro me interessa muito principalmente por trazer essa cultura chinesa, que acho tão interessante e um cenário só com pessoas surdas, o que é bem diferenciado. Como eu nunca li nada da autora, acho que essa parte do estilo richele de escrever não vai me fazer falta. Gostei da resenha

  13. Avatar
    Kamila Villarreal
    09/09/2016

    Olá!

    Bacana a premissa, mas não é uma leitura que me encha os olhos. Legal ver a rica cultura chinesa abordada. Adorei a resenha.

  14. Rosana Gutierrez
    09/09/2016

    Oi David, na vdd, por ter lidos os outros livros dela, que senti um pouca de falta do “tempero” dela mais significativo nessa história, mas o livro é bom sim =)

  15. Avatar
    08/09/2016

    Oi Rose
    Pessoalmente não tive interesse em ler esse livro da Mead não. Gosto muito de VA e o único volume de Bloodlines que li adorei, mas essa pegada meio distopica da autora não me convenceu. Primeiro porque eu achei a história muito confusa, segundo por que em si, não tive atrativo. Achei muito louca a ideia central 🙁 Gosto de distopia, mas essa não vai pra pilha de lidos, apesar das boas resenhas que recebeu.
    Uma pena não ter sido uma leitura tão positiva pra você.

    Abraços
    David

  16. Avatar
    Morgana Brunner
    08/09/2016

    Oii Rosana, comovai?
    Garota eu morro de vvontade de ler esse livro que você nem imagina, imagino como deve ter sido legal ler diante de tanta aventura e fantasia, dica super anotada e parabéns pela resenha.
    Beijinhos

  17. Avatar
    08/09/2016

    Olá

    Estou com bastante vontade de ler esse livro, gostei de ter a parte das tradições orientais e também fiquei curiosa com parte do mistério.
    Fora que a capa é linda!!!
    Gostei da sua resenha e impressões, eu ainda não li nada da autora, não teria como fazer a comparação que você fez com outras obras, mas vou conferir sim.

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

  18. Rosana Gutierrez
    08/09/2016

    Oi Manoel, a autora não fala diretamente que é a China, mas fica bem evidente por conta do folclore por trás da história. É um bom livro, mesmo eu tendo sentido falta de um pouco mais do toque da Richelle Mead, como nos outros livros dela. 🙂

  19. Avatar
    07/09/2016

    Olá
    Eu já vi dezenas de resenhas referente a obra. E confesso que tenho imensa vontade de ler pois tenho curiosidade em conhecer mais coisas sobre a China e também porque a trama tem a pitada de mistério que me deixou bem interessado. Outro ponto positivo do livro foi o fato dele ser narrado em primeira pessoa,gosto quando o livro é assim pois ele deixa a leitura mais divertida e dinâmica (pra mim claro) Adorieconferi suas opiniões sobre a obra. Até mais vê
    Bjs

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)