Paulo Coelho – A espiã #resenha @EditoraParalela @paulocoelho


a-espia

Olá!

Confira a resenha do livro A espiã, de Paulo Coelho . Publicado pela editora Paralela.

A espiã é um romance de ficção baseado em fatos reais. É a história de Mata Hari, uma dançarina holandesa que, acusada de espionagem na 1ª Guerra, foi executada pelas tropas francesas.

A trama da história se desenvolve a partir de genuína inspiração do autor acerca de cartas trocadas entre a dançarina e seu advogado que fora seu amante.

Margaretha Zelle era uma adolescente que viveu no início do século XX. Muito cedo aprendera com a mãe que sexo seria só por amor, e pelo resto da vida. Ela estudava num colégio (aos 16 anos) e, certo dia, foi abusada pelo diretor do estabelecimento. Ficou em pânico, não sabendo o que fazer, decidiu calar-se.

“A partir daquele momento comecei a associar sexo com algo mecânico e que nada tinha a ver com amor.”

Depois, Margaretha se casa com um oficial do exército holandês, mas não foi feliz por conta de violência doméstica.

“Pouco a pouco fui perdendo a noção de quem eu era. Passava os dias cuidando de minha filha, andando pela casa com ar displicentemente nobre, escondendo as escoriações com excesso de maquiagem, mas sabendo que eu não estava enganando ninguém, absolutamente ninguém.”

Ela toma uma decisão que mudará sua vida para sempre. Muda o nome para Mata Hari. Parte para Paris para encontrar-se com seus sonhos.

“Ela posava como uma princesa javanesa e se tornou uma bailarina exótica.”

Muitos homens se fascinam com a dança e a beleza da moça.

“Delgada e alta, com a graça flexível de um animal selvagem, seus cabelos negros ondulam de maneira estranha e nos transportam para um lugar mágico.”

Participa de incontáveis aventuras amorosas com personalidades políticas e militares, oficiais franceses e alemães. Ela é uma mulher livre das amarras convencionais da sociedade  de seu tempo. Curte os bons momentos usando sua perspicaz inteligência, e seduzindo os homens com seu corpo (única arma de que dispunha) para conseguir sobreviver em tempos de guerra.

Acompanhamos a trajetória de Mata Hari degrau a degrau até o estrelato, bem como sua descida ao inferno na prisão.  Ali ela faz um retrospecto de sua vida e, que apesar de tudo, espera, até o último instante, a absolvição.

“Como é que uma mulher que, durante anos, conseguiu tudo o que queria, pode ser condenada por tão pouco.  Fui condenada por espionagem, quando tudo o que consegui de concreto foram fofocas nos salões da alta sociedade.”

Porém, ela sempre foi “ a fascinação  dos homens”, a mulher que não se intimidava com nada.  Tantas vezes driblou o perigo, porém, acabou presa às suas armadilhas.

Considerada, injustamente, como espiã e agente dupla, foi condenada à morte  durante a guerra.

Esta é uma leitura que nos dá a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a vida  da corajosa e determinada Mata Hari , pelas mãos brilhantes do autor—Paulo Coelho.

A capa é linda, diagramação e papel agradáveis à leitura. Recomendo!!

Na madrugada de 11/11, o autor Paulo Coelho foi entrevistado por Jô Soares e falou o seguinte: ele é 0 5° autor mais vendido no mundo! E tem nada menos que  210 milhões de livros vendidos ao redor do mundo e foi traduzido em 80 línguas. Ah, cada livro é lido em média por três pessoas, então imagine se cada pessoa houvesse comprado um livro…

Capa, ficha técnica, sinopse

a espia

A espiã

Paulo Coelho

ISBN: 9788584390373
Editora: Paralela
Número de páginas: 184
Encadernação: Brochura
Formato: 14 x 21 cm
Edição: 2016

Sinopse

Mata Hari foi a mulher mais desejada de sua época: bailarina exótica que chocava e encantava plateias ao se desnudar nos palcos, confidente e amante dos homens mais ricos e poderosos de seu tempo, figura de passado enigmático que despertava o ciúme e a inveja das damas da aristocracia parisiense. Ela ousou libertar-se do moralismo e dos costumes provincianos das primeiras décadas do século XX e pagou caro por isso: em 1917, foi executada pelo pelotão de fuzilamento do exército francês, sob alegação de espionagem. Em seu novo romance, Paulo Coelho revisita com brilhantismo a vida dessa mulher extraordinária, mostrando ao leitor que as árvores mais altas nascem das menores sementes.

Boa leitura

See ya!

Rosana Gutierrez

Compre o livro em

Amazon

Buscapé

Submarino

Previous Judith McNaught - Tudo por amor #resenha @editorarecord @BertrandBrasil
Next BASTIDORES LITERÁRIOS - Um Prefácio ou AI/DI (Antes da Internet/Depois da Internet)

17 Comments

  1. Oi, tudo bem?
    Eu li apenas uma obra do autor até hoje, O Alquimista, e foi uma das que mais me marcaram. Acredito que iria adorar ler esse livro, o enredo parece interessante e contagiante. Gostei do modo como você expressou sua opinião e com toda certeza entrou para a minha lista.

    Beijos

  2. Avatar
    Italo Teixeira
    16/11/2016

    Devo admitir que tenho um certo preconceito com Paulo Coelho e não consegui me sentir atraído por nenhum livro dele, por mais que sejam de vários conteúdos. Acredito que minha leitura não iria fluir.

  3. Oi Rosana, faz tanto tempo que não leio um livro do Paulo Coelho, mas esse me chamou a atenção. Eu não entendo o preconceito que os brasileiros têm com um autor que ficou aclamado internacionalmente e vendeu milhões de livros. Com certeza vou ler sobre Mara Hari! Abraços

  4. Avatar
    14/11/2016

    Olá!
    Eu ainda não li nada do autor, mas pelas sua resenha me deu muita curiosidade de conhecer a história da personagem ainda mais por saber que é uma história verdadeira.
    Adorei a sua resenha e vou anotar a sua dica.
    Beijinhos!

  5. Avatar
    13/11/2016

    Oi, tudo bem?
    Ate hoje só li um livro do autor, mas tenho vontade de ler muitos outros. Esse eu ainda não conhecia, acredita? Mas já fiquei muito animada, porque tem uma premissa bem curiosa mesmo e é baseado em fatos reais, então fiquei mais animada. Enfim, espero ler algum dia e gostar também.

    Beijos :*

  6. Olá, Rosana.
    Eu não sabia que esse livro é baseado em uma história real.
    Desde o começo é muito triste a história da Mata Hari com o abuso que ela sofre e depois com a violência que ela sofre em casa pelo marido.
    Além de conhecermos um pouco mais da história dessa mulher, podemos aprender um pouco do contexto histórico também.
    Abraços.

  7. Avatar
    13/11/2016

    oie!
    Eu li poucos livros do Paulo Coelho, e o pior que eu os tenho aqui casa, rs. Mas os poucos que li, eu gostei bastante da narrativa e das histórias criadas.
    Esse eu ainda não tive a oportunidade e ler, mas gostei da história apresentada.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

  8. Avatar
    12/11/2016

    Olá, tudo bem??

    A capa é linda mesmo, e eu amo coisas baseadas em fatos reais! Menos quando é coisa de terror hehehe
    Ainda não conhecia o título… Vou procurar saber mais sobre a obra. Parabéns pela resenha, e obrigada pela indicação!

    XOXO

  9. Avatar
    11/11/2016

    Oi, tudo bem?
    Eu já li duas obras do Paulo Coelho e ambas me agradaram bastante, ele realmente tem um talento impressionante para a escrita. Fiquei bem curiosa com a premissa dessa obra, já que é uma ficção baseada em fatos reais. Não deve ser fácil absorver nas páginas tudo o que a protagonista teve que passar e só de imaginar me sinto um pouco aflita. No entanto, sei que o autor deve ter trabalhado essa história de forma impecável. Espero muito ler em breve!

    Beijos! ?

  10. Avatar
    10/11/2016

    Olá, Rosana!
    Tenho muito vontade de ler este livro. Em toda minha vida sempre ouvi tanta gente criticando Paulo Coelho, e, no entanto, eu amei O Alquimista. Amei a escrita e principalmente a lição de moral contida na história. Gostaria de poder ler mais algum livro dele e poder formar, de maneira concreta, minha opinião sobre o autor.
    Beijos!

  11. Avatar
    Lilian Stéfani Huzyk
    10/11/2016

    QUE LIVRO DIVO!! Meu Deus, preciso ler ele urgentemente <3 amo livros com essa premissa, mas nunca pude ler um por não achar relacionado, mas essa resenha caiu do céu para mim! Adorei essa sinopse, essa capa, os quotes que você separou e sua resenha ficou incrível, soube descrever bem a história para nós conseguirmos visualizar o que iremos esperar da obra. Amei!

  12. Avatar
    10/11/2016

    Olá
    Eu, acredite ou não, nunca li um livro do autor rsrs, e foi por gata de oportunidades, pois acho as sinopse de alguns livros dele muito boas. Enfim, sobre esse lançamento essa é a primeira resenha que leio e confesso que já fiquei empolgada, e um tanto abismado por se basear em fatos reais rsrs. Com a capa eu achei ela meio “nem lá nem cá”
    Bjs

  13. Olá!! 🙂

    Eu não conhecia este livro mas os livros do autor não funcionam mesmo comigo!! 🙂 Ainda há uns meses, li um livro dele e simplesmente não funcionou…

    A verdade e que primeiro me senti leve e tocado, mas logo depois a leitura se tornou super enfadonha para mim..!! Mas ainda bem que não aconteceu o mesmo contigo! 🙂

    Boas leituras!! 😉

  14. Avatar
    09/11/2016

    Eu li apenas um livro do autor, Brida, e odiei muito. Foi uma leitura complicada e que me deixou bem insatisfeita, sendo assim, nunca mais procurei nada dele pra ler. Achei bem interessante essa coisa de colocar a Marta Hari em uma ficção e confesso que isso me deixou curiosa.
    Beijos

  15. Avatar
    09/11/2016

    Li apenas um livro do Paulo Coelho e foi uma das piores leituras da minha vida, então, nunca mais me interessei por nenhum livro dele, mesmo ele sendo tão badalado, lido e seguido. Achei original essa coisa da Marta Hari e a ficção sobre a história, mas não arrisco ler, tenho certeza que não funcionará pra mim.
    Beijos

  16. Avatar
    08/11/2016

    oi, rosana, que bom que a leitura foi positiva e que te possibilitou conhecer mais sobre a vida de matari. nunca li paulo coelho e ouvi falar mal desse livro, por isso fico meio temerosa, em lê-lo, mas acho que acabarei conferindo para tirar a dúvida.

  17. Avatar
    F
    08/11/2016

    Olá
    Eu não conhecia esse titulo, mas achei interessante ser uma ficção baseada em fatos reais. Já li algumas obras do autor e admiro seu trabalho. Achei a capa linda e não tenho dúvida de que é uma oportunidade única para conhecer um pouco sobre Mata Hari. Obrigada pela indicação.
    Beijos, Fer

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)