Lucinda Riley – A árvore dos anjos @editoraarqueiro #resenha


Olá!

Confira a resenha do livro A árvore dos anjos, da autora Lucinda Riley. Publicada pela editora Arqueiro.

É véspera de Natal –1985. David leva Greta para o solar Marchmont, uma bela residência recém reformada após um incêndio. Há trinta anos lá  foi sua morada.

Ela aceita o convite após muita insistência de David. Ela vai passar o Natal em família. Lá está a neta e o marido,  e a namorada de David

Ela vive em Mayfair. Não  sai de casa desde que sofrera um acidente, há 24 anos, causando-lhe amnésia.

Muitas tentativas de cura foram feitas, mas sem sucesso.

Com Greta no solar, David vai lhe contar muitas coisas, tentar ajudá-la ,quem sabe, a melhorar a memória.

“Eu sei que há coisas terríveis, de modo que não precisa ficar preocupado com a possibilidade de me chocar.”

Greta sai para fazer uma caminhada no bosque e, ao se deparar com uma lápide de criança morta aos três anos, se choca e a memória começa a vir à tona.

Nesse momento, o leitor é levado ao passado (1945) no final da segunda guerra, quando ela tinha 18 anos.

Jovem ainda, precisava sobreviver sozinha em Londres. Tinha esperança de ser uma atriz de renome, porém trabalhava como dançarina em um teatro (Windmill Theatre), onde expor o corpo lhe rendia o sustento.

Conhece  Max, um oficial americano, de família tradicional. Não deu certo e, um noivado rompido e uma filha para criar, muda o rumo de sua vida.

David, comediante, na época e amigo dela lhe oferece abrigo no seu chalé em Monmouthshire, numa propriedade chamada Marchmont.

“Um lampejo de esperança em seu futuro, antes destruído, começou a brilhar na mente de Greta.”

Ela acaba se casando  em Marchmont com o tio de David e, este, perde a mulher que amava.

Provações não lhe faltaram e Greta acaba fugindo para Londres com a filha Francesca  (Cheska).

Ela quer esquecer o casamento fracassado, reorganizar a vida e cuidar do futuro da filha.

As duras lições pelas quais passou, fizeram-na mudar  radicalmente seu ponto de vista sobre a vida. A menina “de rosto angelical” se torna aos quatro anos atriz de renome.

O tempo vai passando e tudo começa a mudar . O lado sombrio de Cheska começa a se revelar…e o brilho vai ser ofuscado pela sombra do pesadelo.

É uma história extraordinária de segredos, amores, perdas, provações, mentiras e determinação. Personagens vívidos, capazes de conquistar nossa paixão pela leitura da história.

Uma bela capa, diagramação e papel agradáveis à leitura. Recomendo!!!

Capa, ficha técnica, sinopse

a árvore dos anjos

Sinopse

Trinta anos se passaram desde que Greta deixou de morar no solar Marchmont, uma bela e majestosa residência na região rural do País de Gales. A convite de seu velho amigo David, ela decide retornar ao lugar para comemorar o Natal. Porém, devido a um acidente de carro, Greta não tem mais lembranças da época em que vivia na propriedade, assim como de boa parte de seu passado.

Boa leitura

see ya!

Rosana Gutierrez

Previous [Bastidores Literários] Será que veremos um renascimento da literatura clássica de terror?
Next Carol Costa - 365 dias para plantar @editorarocco #resenha

1 Comment

  1. Oi, Rô.
    Essa história parece ser linda e fiquei super curiosa para saber como se desenvolve!
    Adorei a resenha!
    beijos
    Camis

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *