Ciao! Depois de apresentar à vocês um pouquinho do evento, pela minha perspectiva (vou na bienal desde que tenho uns seis anos de idade!), agora vamos falar sobre coisa boa, vamos falar de… stands!

Bem, não existe Bienal sem os stands maravilhosos que recheiam os corredores dos três pavilhões. Por isso, eu decidi falar um pouquinho dos stands que mais me marcaram e que, consequentemente, são os que eu mais gosto. Começando pelos stands de livrarias.

A Travessa, uma rede de livrarias incrivelmente charmosa aqui do Rio, sempre consegue transportar para a Bienal a bossa da decoração e da organização que é sua marca registrada. Já cansei de passar tardes inteiras dentro de uma Travessa, sem fazer nada específico além de olhar todos os livros que eles têm, e na bienal não é diferente. Eles costumam colocar uma bancada com livros em promoção, e as promoções costumam ser muito boas. Eles tem uma variedade de livros muito grande, mas na Bienal eles costumam optar pelos mais exóticos e pelos bestsellers.


Saraiva é a paixão de quase todos os bookaholics, e ela faz para merecer. Os stands costumam ser enormes, enormes mesmo, e tem todo tipo de livro que você imaginar. Como a Travessa, a Saraiva mantém o perfil de suas lojas físicas, e é um dos stands mais cheios do evento. Eles costumam fazer umas promoções loucas, do nada! Você está andando pela livraria, percebe que todas as pessoas estão com determinado livro nas mãos e descobre que eles colocaram no fim do stand uma pilha de livros por um preço ínfimo. Portanto, fique ligado no que os outros clientes carregam!

Submarino (eu sei que não é livraria, mas é loja, coloquei juntinho <3) é um stand a parte. É um dos stands que eu mais amo, simplesmente porque eles costumam fazer umas promoções ESPETACULARES por lá. Só que tem um detalhe: as compras são pela internet. Eles tem vários terminais e vendedores para te ajudar a fechar sua compra e computar os descontos para os clientes que compram na bienal. Das últimas duas vezes, foi mais ou menos assim: eu dizia que livros queria/pesquisava e escolhia na hora, colocava no carrinho os livros, que já tinham descontos por ser semana de bienal e, na hora de fechar a compra, a vendedora ainda colocava mais desconto em cima da compra. E, além de ter um stand lindo, acolhedor e super moderno, eles disponibilizam um exemplar de cada livro que estão à venda no site, de modo que você pode andar pelo stand e ir decidindo que livros levar da forma convencional, e depois fechar a compra pelo site. Tecnologia e amor aos livros unidos (amor demais, gente).

Agora, vamos falar dos Stands das editoras:
Stands de editoras são um show à parte. Elas sempre se superam, e nunca se sabe o que esperar. Os stands ficam tão lindos, que a vontade de tirar fotos em cada parede vence qualquer timidez. Um dos stands que você pode esperar ver alguma arte maravilhosa é o da Marvel e da Panini. Sempre vai ter alguma coisa dos nossos heróis preferidos por lá, e também dos personagens que viveram na nossa infância e ainda mantêm um espaço no nosso coração, por isso as pessoas não conseguem passar sem tirar uma foto! Outros stands que com certeza vão ter alguma decoração sensacional são o da editora Intrínseca, Novo Conceito, Grupo Editorial Record… Sem contar com os stands infantis, que são as coisas mais fofas do universo.

Tem stands que costumam dar descontos progressivos do tipo “compre três livros ou mais e ganhe tantos por cento de desconto”. Uma das coisas mais legais nos stands, além da beleza deles em si, são os marcadores! Tem marcador em todo canto, e você pode aproveitar para encontrar o marcador daquele livro que você ama tanto. Algumas editoras também dão alguns brindes quando você compra livros lá. Uma ecobag daqui, um botton, alguma coisa relacionada à história de lá… e você sai da bienal feliz e cheia de brindes. 🙂

 

A dica é: procure bastante. Aproveite os momentos: viu a parede cheia de quadrinhos maravilhosa da Marvel e quer tirar uma foto? Tira logo! Deixa a timidez de lado e aproveita. Procure pelos preços mais baixos, e tente ir em pelo menos um dia da semana porque você consegue aproveitar melhor (fins de semana são MUITO cheios!). E, por favor, se divirta!

 

Amanhã tem post falando sobre os autores nacionais!

 

Beijos!