Entre facas e segredos filme


Quem é o assassino? (um que vale a pena!)

KO_04703.dng

Um grupo de pessoas. Um assassinato. Muitos interesses financeiros. Um detetive sarcástico. Quem é o assassino? Confesso, andava meio de mal com filmes desse estilo desde o desastre protagonizado por Adam Sandler e Jeniffer Aniston no Mar Mediterrâneo em meados do ano passado. Aliás, é uma verdade que os inícios dos dois textos se parecem – só procurar aqui no blog – e também que eu fui bastante educado ao escrever sobre uma obra tão sem graça quanto aquela. Já o recente Entre Facas e Segredos, do diretor Rian Johnson, consegue se equilibrar entre todos os clichês do gênero e algumas ideias mais inovadoras, e assim proporcionar uma diversão de verdade nesse batido, mas ainda divertidíssimo jogo para descobrir quem é o assassino.

Essa, aliás, é a primeira sacada interessante da história: não há um assassino. Ao menos não nos moldes tradicionais daqueles roteiros cheios de mocinhos e um vilão, que nunca é de quem todos suspeitavam; mas, sim, alguém que ficou quietinho o tempo inteiro e apenas esperou algum coitado levar a culpa injustamente. Ah, e sempre no final. Aqui, mais ou menos na metade do filme, já sabe como o velho morreu e todos os membros de sua rica família são exatamente o que aparentam desde o início, bem como sua boazinha cuidadora e, e claro, o sarcástico detetive. As surpresas não estão no que acontece, mas como acontece; o que, ao menos para mim, funcionou muito bem.

KO_08868.dng

Falando sobre os atores e seus personagens, considero a fina flor da ironia a escalação de Daniel Craig, o atual 007, como o detetive. Não por reduzi-lo, relegando-o a um papel que ele sabidamente conseguiria fazer. Pelo contrário! James Bond é a síntese do glamour para a profissão dos agentes secretos: bonito, inteligente, forte, elegante, charmoso, culto e mais uma longa série de adjetivos que constrangem a todos nós, homens comuns. Só que em Facas e Segredos, Craig é um detetive normal, com barba por fazer, elegância questionável e sem grandes atributos físicos, mostrando a versatilidade do ator ao interpretar dois papéis que apenas parecem próximos.

Quem também surpreende é Cris Evans, cujo rosto parece mesmo nascido para interpretar aquele típico herdeiro mau-caráter de família rica, mas que se viu jogado para muito longe disso como o intrépido Capitão América no Universo Cinematográfico Marvel – foram quase 10 anos com o personagem. Por fim, se você assistir ao filme – esse sim, uma produção que valoriza o legado de Agatha Christie – e reconhecer o velho patriarca morto, basta digitar “Christopher Plummer” no Google e dar uma olhada em como ele era quando fez a Noviça Rebelde.

Christopher Plummer como ‘Harlan Thrombey’

Ficha técnica, sinopse

Knives Out

Direção

Rian Johnson

Elenco

Daniel Craig, Chris Evans, Ana de Armas, Don Johnson, Toni Collette, Jamie Lee Curtis entre outros

Distribuição

Paris Filmes

Sinopse

O aclamado escritor e diretor Rian Johnson (‘A Ponta de um Crime’, ‘Looper: Assassinos do Futuro’, ‘Star Wars: Os Últimos Jedi’) homenageia a mente misteriosa de Agatha Christie no filme ‘Entre Facas e Segredos’ (Knives Out); uma história atual e divertida que vai agradar toda a família, sobre crime e mistério onde todos são suspeitos. O renomado romancista Harlan Thrombey (Christopher Plummer) é encontrado morto logo após sua comemoração de 85 anos. O inquisitivo e charmoso detetive Benoit Blanc (Daniel Craig) é recrutado para investigar. Foi um assassinato? Da família disfuncional de Harlan à sua equipe dedicada, Blanc examina uma rede de mentiras para descobrir a verdade por trás da morte prematura de Harlan. Uma teia de reviravoltas manterá você desconfiado até o final. Com um elenco de estrelas, ‘Entre Facas e Segredos’ é uma história de mistério geniosa e espirituosa que que garante que o público se mantenha constantemente tentando descobrir quem matou Harlan Thrombey.

Fotos: Metropolitan FilmExport, Universum Film GmbH

Previous Jojo Rabbit #oscar #filme
Next Judy: Muito Além do Arco-Íris #filme #oscar2020

No Comment

Deixe um comentário! Quero saber o que achou do texto ;)